terça-feira, 7 de abril de 2009

Haiku LXXXVIII

Olhamos as folhas
ao vento -
um horizonte qualquer

1 comentário:

ma grande folle de soeur disse...

este caiu-me no goto... excelente! Dos meus preferidos, mas n me perguntes pk... nunca sei dizer pk... ;)