domingo, 8 de fevereiro de 2009

Haiku LXXVIII

Eu
e o cacto
fartos da chuva

3 comentários:

nuno brolock disse...

Tu
és exagerado
pensa o cacto

ma grande folle de soeur disse...

chuva chuvinha
irra irra - canto
em coro com o cacto

Madalena S. disse...

Não digas isso! Não te fartes da chuva!
Primeiro porque a chuva é maravilhosamente revigorante e, depois, porque a solidariedade com os cactos pode dar direito a picadelas!!
ED (escrito depois): quando é que passa a ser obrigatório escrever catos em vez de cactos?