sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Haiku LXVIII

Neva em Trás-os-Montes -
os meus dedos
transparecem o sangue

Sem comentários: