terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Haiku LXVI

Bateste a porta.
Na memória
o teu seio

1 comentário:

ma grande folle de soeur disse...

Um seio -
e o teu corpo na memória,
palma da minha mão.