terça-feira, 1 de julho de 2008

Haiku XXXIII

No silêncio do sono
passou um esquilo.
O gato eriçou-se

2 comentários:

Daterra disse...

Caro Dinis,

Fico contente por te ler pelo meu blog.

O que tens achado, no geral?

Muito obrigado

Abraço

ma grande folle de soeur disse...

Onde encontro esse "abençoado" Book of haikus do Kerouac? Deve ser o livro mais escondido do planeta! Ninguém tem. Abraço