domingo, 27 de abril de 2008

Haiku XIII

Charco quente,
um pequeno sapo
esborracha o girino

Sem comentários: